Minha visão sobre o Orleans – o framework de atores da Microsoft

Vou tentar neste artigo passar uma visão básica do Microsoft Orleans, o framework que permite a criação de aplicações distribuídas utilizado pela Microsoft, ele fornece uma abordagem direta para a construção de aplicativos de grande escala sem a necessidade e aplicar ou aprender uma concorrência complexa. Ainda parece ser um framework não muito utilizado no Leia mais… »

Nossa participação no MEGAHACK (9º lugar com muito orgulho!)

Neste artigo vou descrever um pouco como foi a nossa participação no MEGA HACK, um dos maiores hackathons on-line do Brasil que aconteceu no período de 24/04 a 12/05 deste ano (2020). Nós conseguimos o nono lugar! entre quase 60 times, incrível colocação tendo em vista que foi nossa primeira participação, fiquei sabendo sobre o Leia mais… »

Aprenda NodeJS + ReactJS + ReactNative

Fala pessoal, escrevi esse artigo para dar uma dica para os desenvolvedores sobre a stack de desenvolvimento baseada em NodeJs, ReactJs e ReactNative. Onde e como aprender sobre essas tecnologias? minha dica é acompanhar o pessoal da rocketseat (https://rocketseat.com.br), eles disponibilizam um esquema de aprendizado muito bacana com cursos introdutórios sobre as tecnologias de qualidade Leia mais… »

Microserviços – conceitos e tecnologias envolvidas neste estilo arquitetural de sistemas

Fala pessoal, neste artigo vou descrever um pouco sobre o MEU entendimento sobre o estilo arquitetural de Microserviços, o que precisamos conhecer de tecnologias e as preocupações que devemos ter ao adotar esse conceito que é relativamente novo no mercado (estamos falando do primeiro estilo arquitetural pós-DevOps). O sucesso na implementação de arquiteturas distribuídas com Leia mais… »

Utilizando algoritmos de machine learning da plataforma Algorithmia.

O Algorithmia (https://algorithmia.com) é uma espécie de “market place” com algoritmos de analise de texto, machine learning, visão computacional e deep learning. O legal desta plataforma é que praticamente tudo é acessado via API. Trata-se de uma enorme biblioteca com mais de 40 mil desenvolvedores criando micro serviços para disponibilizar algoritmos e disponibiliza-los para a Leia mais… »