Dois ORM’S trabalhando juntos? É possivel !

arq_hibrida13
Há um tempo estava lendo sobre o  Princípio de Pareto  e como ele é aplicado em várias áreas profissionais para comparar causas e efeitos.

Será que podemos aplicar o princípio de pareto aos sistemas que desenvolvemos e dizer que o consumo desse sistema pode ser dividido em 80% de ações de consultas para 20% de outras operações?

Leia mais…

Estimar volumetria no SQL SERVER

Já precisou em algum momento preparar uma volumetria no banco Sql Server? para ter noção de quanto espaço suas tabelas irão ocupar no repositório?

Bem essa é uma preocupação na maioria dos DBA’s quando vão aprovar ou avaliar um diagrama de dados. Abaixo tento explicar uma maneira de fazer essa volumetria e passar pelo menos uma estimativa de custo em termos de disco para suas tabelas.

Para fazer volumetria de banco use os comandos abaixo para suas tabelas:

select * from dbo.UsersInRoles
 sp_spaceused 'UsersInRoles'

O tamanho real de um registro não significa apenas a soma de suas colunas. Claro que o tamanho de cada coluna é parte do cálculo do tamanho de um registro, mas há muitas outras coisas a se considerar (índices, bytes de controle, proporção no cabecalho, ponteiramento, espaço de reserva, etc).

Uma forma muito direta e precisa é rodar a sp_spaceused ‘Tabela’. Essa sp irá retornar o total de linhas, a área reservada (reserved), a área de dados e a área de índice. Se você realmente quer calcular o espaço liberado faça o seguinte:

– Divida o espaço total reservado pelo total de linhas
– Multiplique esse valor pelo total de registros a ser excluído

O primeiro passo lhe dará o tamanho médio real da linha (considerando área reservada, índices, etc) e é a melhor métrica para estimativas de expurgo, pois, quando você excluir os dados todos esses itens serão considerados (não somente o registro em si)

Bom é isso ae!