Xamarin Forms – criando uma splash screen no Android.

Agora estou estudando um pouco sobre o Xamarin para criar aplicativos mobile. Neste primeiro post quero mostrar como faço para criar uma splash screen, a principio para funcionar no Android, em um próximo post vou escrever como criar para o IOS.

O primeiro passo é criar a imagem de fundo da splash screen, para isso eu criei uma imagem no Photoshop conforme imagem abaixo:

xamarin_splashscreen_1

Leia mais…

.NET CORE 2.0 + Algumas tecnologias

Pessoal, vamos lá para mais um exemplo, este será o primeiro de dois artigos que pretendo fazer, vou dividir pois acho que é muito conteúdo para um artigo só.

E como dizia meu velho amigo Aristóteles :

É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer.

Então “bora” fazer!!!

EfInMemory1

O código fonte deste projeto como sempre se encontra no meu github basta fazer o download e abrir no Visual Studio (para este exemplo utilizei o 2017) e se divertir!

O ideal é que você baixe o exemplo e siga o artigo para entendimento.

Não vou aqui explicar linha por linha das classes do projeto, vou tentar explicar algumas funções e tecnologias, espero que você leitor, baixe e rode o projeto debugando para entender o funcionamento.

Leia mais…

ASP.NET Core 2.0 + Entity Framework Core + Sqlite

O objetivo deste artigo é demonstrar como criar uma aplicação simples e rápida utilizando o ASP.NET CORE com o Entity Framework Core em uma base de dados SQLite.

Vamos ver como gerar o projeto, como incluir as dependências necessárias e como trabalhar com o Migrations para criar e alterar o banco de dados.

A ideia do projeto é criar um CRUD básico, mostrando informações de desenhos animados. Neste exemplo usei o site da varievo como fonte de dados. Veja o projeto final na imagem abaixo:

Leia mais…

Se livre da dependência ao IIS, aprenda a criar aplicações Self-Host.

Quando vamos desenvolver uma aplicação web utilizando as tecnologias da Microsoft, já vem na cabeça “Vou precisar hospedar minha aplicação no IIS!” (Internet Information Services) seja ela um site web ou um simples serviço WCF ou WEBAPI.

selfhost_13Essa dependência passou a ser vista como um problema, com isso foi iniciado o projeto do padrão OWIN (Open Web Interface for .NET) onde seu objetivo era retirar essa associação entre aplicação e server, incentivar o desenvolvimento mais simples e fortalecer o desenvolvimento open-source.

Leia mais…

Série WebApi Parte 2 – Autenticação via token.

logo

Quando falamos de aplicações web e aplicações mobile a questão de autenticação é importante para garantir a integridade de sua implementação e segurança de seus dados, em um cenário web tradicional é amplamente utilizado o uso de cookies ou sessions para guardar  a autenticação válida durante a navegação evitando assim que seja preciso se autenticar toda a vez que tentar utilizar algum recurso protegido de um sistema.

Quando estamos falando de serviços a autenticação muda um pouco, elas não podem manter um cookie por exemplo, então recorrem a um token a cada vez que precisar acessar algum recurso protegido.

Leia mais…

Série WebAPI Parte1 – Vamos falar de OWIN e Projeto KATANA

logo_webapiOwin

Pretendo publicar uma série de artigos sobre WEBAPI, e neste vou tentar explicar para quem ainda não conhece o que é  OWIN e o Projeto KATANA.

Você já deve ter visto várias maneiras de implementar uma WEBAPI, uma forma que chamou minha atenção e uma dúvida que tinha era por que algumas implementações possuía um arquivo chamado Startup.cs e outras não.

Estudando e lendo sobre isso descobri que quando temos essa classe Startup.cs estamos falando de uma OWIN Application.

Leia mais…

Crie uma WebApi usando .NET CORE no Visual Studio Code

webapi-dotcore_fundo

Pessoal, estou iniciando meus estudos em .NET CORE e neste artigo vamos ver como criar uma WebApi usando esta tecnologia no Visual Studio Code.

As “coisas” mudaram muito ao meu ver na criação de aplicativos .NET,  agora temos que ter conhecimento de comandos e digitar muita coisa manualmente (talvez exista modo mais fácil, mas ainda não consegui ver isso).

Estava acostumado ao Visual Studio onde bastava solicitar uma nova aplicação MVC com ou sem WEB API e pronto estava lá o seu projeto criado, bastando apertar F5 para ter o exemplo rodando perfeitamente na sua máquina.

Agora com esse novo mundo do .NET CORE temos que fazer mais coisas na “mão” do que a versão anterior, talvez seja o preço a pagar para ter a nossa plataforma de desenvolvimento em todos os sistemas operacionais. Eu particularmente não vejo problemas nisso, pois isso força que eu saia da minha zona de conforto e consequentemente aprenda mais.

Leia mais…